Para conhecer Minas

Imagem

Para conhecer Minas Gerais, é preciso pisar suas pedras, brutas ou polidas. Mergulhar as mãos nas suas águas geladas que brotam das serras que cortam os céus azuis e adentram a terra. É preciso sentar nos bancos das igrejas e das praças. Tomar um café no interior de uma casa do interior. Comer queijo, bastante queijo, queijo até sentir as sutis e tamanhas diferenças entre um Canastra, um do Serro e tantos mais.

Imagem 

Para conhecer Belo Horizonte, é preciso dobrar suas esquinas, caminhar toda vida e chegar logo ali. É preciso aprender com quantos poucos graus se faz uma cerveja no fim de tarde e com quantos muitos sabores e quitutes se faz um bom boteco. É preciso aprender que há eternamente a saudade do mar, mas não precisamos dele por aqui. É preciso andar pelos mercados, subir e descer pelos bairros, atravessar viadutos (quem sabe por cima de um famoso arco?). É preciso reconhecer as curvas, do caminho, da história, da cidade, da vida.

 

Imagem

Para conhecer tudo isso, é preciso andar por esta terra, conversar com a sua gente, se abrir para sabores, cores e texturas. Só assim, então, estarás pronto para saber que Minas são muitas e que todas elas vão dentro e fundo na alma do viajante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s